O Adeus ao Cigano's Circus Show

Desde o começo de agosto passamos a ter o privilégio de viajar em um novo onibus. Mais confortavel, mais rápido, mais novo e consequentemete mais seguro.
Isso nos obrigou a abandonar o onibus antigo q se despidiu dignamente deixando sua marca em nossas memórias, pois dentro dele (e fora dele nas vezes em q ele quebrava)vivemos grandes aventuras.
Dentre muitas histórias (as melhores tem a ver c/ sua capacidade de produzir uma quantidade absurda de fumaça de óleo disel) narro aki uma das ultimas e mais heróicas.
Bom, tudo mundo conhece a estórinha da Chapeuzinho Vermelho em q a mamãe pede pra ela levar uns doces p/ a vovózinha e recomenda a ela seguir pela estrada, mas no meio do caminho o Lobo Mau aconselha a pobre a cortar caminho pela floresta e a inocente menina se deixa levar pelo papinho furado do lobo mau intensionado.
Pois é, estávamos viajando em direção a Mantenópolis - ES, quando ao parar em um posto, um sujeito sugeriu ao Seu Oliverinha, nosso motorista na época, a cortarmos caminho por uma estrada "bem mais curta".
Não é q o cara, com 50 anos de estrada entrou na conversa do sujeito!!
O resultado? Segue foto abaixo...
Ao atravessar a pinguela, o onibus bateu embaixo, arrancando uma porta sei lá do q, fato esse q nos deixou parados na estrada por mais de meia hora (outra vez???)
Mas o q importa é q chegamos ao destino, o show foi ótimo e o busão bravamente cumpriu sua missão.
Por esse e outros atos de bravura é q o onibus (q por dentro era super confortavel, to falando sério!) conhecido como "Busão do Rosa", não merecia o apelido debochado de "Cigano's Circus Show" q recebeu de nosso novo (novo em tempo no Rosa) técnico Marquinhos (q tb tem seus apelidos) em sua última semana a serviço da banda.
O povo grita nas ruas: "Justiça"



Escrito por Rogério Feltrin às 01h38
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


Rogério Feltrin nasceu em Campinas-SP, em 1972, e é formado em Publicidade e Propaganda. Ainda pré-adolescente, descobriu o que realmente ama fazer: música. Já no primário, ingressou na fanfarra do Colégio Salesiano, onde estudou. Poucos anos depois, fundou com um grupo de amigos a banda Rosa de Saron.
É autor e co-autor de inúmeras canções da banda.
“ Rock, Fé e Poesia. 20 anos de Rosa de Saron narrados através de
suas músicas” é seu primeiro livro, lançado em 2008, em comemoração
pelos 20 anos de hist ória da banda.




+ veja mais


Dê uma nota para meu blog



Rosa de Saron
Sacrovia